Osteopatia Pediátrica

Osteopatia Pediátrica


Osteopatia pediátrica é uma terapia manual cujo principal objectivo é corrigir as alterações músculo-esqueléticas apresentadas no pós parto e durante o crescimento do bebé, para que mais tarde, na idade escolar durante a adolescência e idade adulta, não surjam consequências ou compensações maiores. Um dos principais traumas do sistema músculo-esquelético do bebé acontece no parto. Situações de partos muito longos, difíceis, com recurso a fórceps ou ventosas e induções prolongadas por medicamentos , bem como a cesariana - por descompressão muito rápida - deixam compressões ou restrições no corpo e crânio do bebé que, se não forem corrigidas atempadamente , poderão potenciar uma lesão no sistema músculo-esquelética desencadeando compensações e alterações mecânicas que podem persistir, manifestando-se através de diversas sintomatologias ao longo do seu crescimento.

Em que situações a Osteopatia Pediátrica pode atuar?
  • Alteração na capacidade de sucção;choro frequente; cólicas; obstipação;
  • Bolçar frequente, alterações do padrão do sono; torcicolos congénitos e posturais;
  • Alterações e assimetrias crânio-faciais (plagiocefalias);
  • Alterações da postura do bebé deitado e sentado, assimetrias na distribuição do tonus muscular, na posição de sentado, gatinhar ou marcha, diminuição da coordenação motora;infeções respiratórias recorrentes;dores de cabeça;
  • Desequilíbrio das curvaturas da coluna; alteração de alinhamento dos membros inferiores;
  • Alterações do plexo braquial.

  • Pedro Fernandes (Enfermeiro/Osteopata)

    Um exemplo de intervenção Osteopatica…
    "Um recém-nascido com uma compressão do nervo hipoglosso (nervo responsável pelo movimento da língua ), poderá apresentar dificuldades na alimentação (dificuldade na sucção) levando desta forma a um quadro de cólicas, bolçar excessivo, obstipação….. logo, um bebé mais agitado , mais queixoso. Situação que leva a um desgaste maior por parte dos pais . Como o bebé não consegue dormir as horas necessárias, não se alimenta de forma satisfatória acaba por ter uma alteração no seu padrão de sono e consequentemente uma alteração negativa no seu sistema imunitário, tornando-o mais permissivo a infecções."

    fale connosco